domingo, 13 de agosto de 2017

LIVRE




Você é tão livre que pode até imaginar-se preso!

Sambodh Naseeb

AMOR...AMOR



O Amor é a Unidade Da Vida Universal aparecendo na forma.

Sambodh Naseeb

UNIDADE




Há apenas Unidade. Eu não posso encontrar a mim mesmo num pensamento! Eu sou consciência. Eu não sou um pensamento! É uma contradição encontrar a mim mesmo porque eu não sou uma coisa separada de mim. Eu sou eu mesmo! Seria como pedir à balança para pesar a si mesma.  Eu não sou uma coisa, não sou um objeto, não posso ver-me como um sujeito que vê alguma coisa (sujeito x objeto). Eu sou eu mesmo significa Aquilo! Eu sou uma experiência não dividida. Eu sou Unidade. Mas isto não é uma experiência que algum "alguém" possa ter.

Sambodh Naseeb

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

VIDA CONSCIENTE



Chamo este tipo de autoconhecimento de Vida Consciente. É um ensinamento que aponta para a visão da unidade da vida, da unidade que existe em toda a diversidade, do ponto em comum que existe, aqui e agora, sempre, em tudo. Qual é a fonte de toda a energia? Qual é a fonte do seu pensamento? Este ensinamento aponta toda a diversidade na verdade como o Uno aparecendo como objeto dele mesmo. É uma aparência, um fenômeno que surge e desaparece. A vida é mudança. Vida é pura impermanência. Mas parece haver uma vida que não aparece, que é misteriosa, que se esconde, que escorrega e que não conseguimos encaixotar. Quando acontece, por graça, que você vivencie esta vida, que não é dizível ou organizável em sua mente, isso significa que você está começando a penetrar no que pode ser chamado de campo divino, a consciência profunda, onde tudo é simplesmente Uno, e você desaparece (sem jamais ter existido em separado). A Unidade aí está e é o que é. É sempre assim que é. A vida é movimento. Nada parou. Quantos belos momentos hão de vir.

Sambodh Naseeb

O SALTO QUÂNTICO


É APENAS SE DAR CONTA DE QUE VOCÊ JÁ É COMPLETUDE.

Sambodh Naseeb

ENTREGA


Quando a entrega acontece, pela primeira vez o apego ao futuro desaparece.

(Sambodh Naseeb)

domingo, 23 de julho de 2017

ESPAÇO


A VIDA OBSERVA


SATSANG



Satsang não tem nenhum compromisso de dar respostas,
mas o dever de derreter o perguntador.

MOMENTO SAGRADO


Momento Sagrado é uma experiência viva que exalta as belezas simples do absolutamente óbvio de cada instante, em que cada gesto e movimento é uma prece natural que surge como néctar e perfume da Unidade. Essa clareza celebra o milagre do Agora, o respeito e devoção a tudo que existe.

Apenas uma pequena pausa lúcida - e aquilo que você está buscando a vida inteira é vislumbrado como sendo a coisa mais próxima.

Sambodh Naseeb


VOANDO



Toda a paz que você busca está muito perto.
Mas a mente está sempre voando.
A vida está aqui.

A mente está sempre lá.

Sambodh Naseeb

IN - DICA


VIDA


UNIDADE NA DIVERSIDADE


BAMBU



Ninguém vive No passado.
Pensa-se sobre o passado.
Ninguém vive no futuro.
Pensa-se sobre o futuro.

Sambodh Naseeb


sexta-feira, 14 de julho de 2017

INFINITO




"O infinito ama se olhar".

Sambodh Naseeb

FORÇA DA VIDA



A consciência impessoal 
ou Força Universal da Vida
anima todos os seres.
Consciência é tudo. 
E tudo isso é um conceito.
O que é simplesmente É.

Sambodh Naseeb

ENTREGUE




"Você já está entregue.
Mas tem um pensamento que não sabe disso".

Sambodh Naseeb

SATSANG DERRETE



Satsang é a resposta para todas as perguntas.
Mas não por responder as perguntas.
Porque derrete o perguntador.

Sambodh Naseeb

segunda-feira, 8 de maio de 2017

QUEM ÉS?



Você é um sujeito, uma consciência, e não um objeto chamado corpo. Se você não é uma “coisa”, um objeto, aquilo que aparece e desaparece, mesmo um pensamento que surge e desaparece, se você em essência percebe e está além das coisas, transcende a aparência, a quem a aparência pode perturbar? Só pode perturbar de verdade uma ideia que você tem de você. Essa ideia que nós temos de nós mesmos, a identidade que nos concebemos existir como "eu", damos o nome de ego.
A aparência o perturba quando você se identifica com alguma coisa que não é você, ou seja, quando você se envolve com o pensamento e assume uma identidade no tempo (mente) e no espaço (corpo).
Identifica-se com o personagem - o avatar. O personagem torna-se então a sua verdadeira identidade - enquanto esquece daquilo ainda mais sutil que testemunha o personagem.
Sambodh Naseeb