sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

LEMBRAR DE SI



Para conhecer, a consciência vai até os objetos. Para lembrar de Si, a consciência simplesmente nada faz. Simplesmente repousa em si como já é o caso sempre.


 Sambodh Naseeb

DESPERTO


Despertar é recordar quem você é, saber que você é consciência,
estando consciente de ser consciente.


 Sambodh Naseeb

sábado, 12 de novembro de 2016

O SER NÃO CONHECE O EGO




O ego vive sob solidão e medo.
Mas teu Ser não conhece ego.

Sambodh Naseeb

O UNIVERSO É UM



O ego é uma contração que acontece na mente que a faz imaginar que é a pensadora dos pensamentos, a fazedora das ações, e aquela que sente os sentimentos. Tudo isso acontece pela consciência e na consciência. Ou seja, nenhum indivíduo separado faz nada por si próprio, porque independência é um mito. O universo é Um.

Sambodh Naseeb

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

ORGULHO




Assim como a lua orgulha-se de seu brilho, desconhecendo que é iluminada pelo sol, uma pessoa se orgulha de si mesma sem perceber que a fonte de sua luz não é seu ego.
Sambodh Naseeb

ONE




A paz nunca é minha.
A paz que é minha serei capaz de perder.

Eu sou consciência.
A consciência nunca é minha.

A consciência que é minha sou capaz de perder.

Sambodh Naseeb

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

VIDA CONSCIENTE




Vida Consciente é a base de uma vida virtuosa. Inconsciência é o único erro. Consciência, a única virtude. Maturidade é ampliar sua criatividade, sua amorosidade, sua afetividade, sua vitalidade, sua capacidade de transcendência. A maturidade se devota à vida e sente a vitalidade imensa do templo sagrado que é o corpo; compreende a profundidade da mente e se enraíza naquilo que verdadeiramente é. Todos os caminhos desembocam nisso: consciência. E a consciência só tem um caminho a seguir quando reconhecida: uma vida de amor e criatividade.
Sambodh Naseeb

LIBERDADE & AMOR




Quando a compreensão toca o fundo de nosso ser, sabemos muito bem que o Todo e a parte, a consciência e a criação, ying e yang, masculino e feminino, estão em unidade. Por isso, quando excluímos uma parte de nossas vidas, estamos excluindo a Unidade também. Eles são unos. E como você é consciência, rejeitar uma parte do Todo é rejeitar a si mesmo também. Aceitação é o perfume disso. O Amor incondicional inclui tudo. O Amor é o que liberta. Liberdade e amor são sinônimos.
Sambodh Naseeb

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

ÓCULOS DA MENTE



Tudo é Unidade. A mente surge no Uno. Então a Unidade é vista através dos óculos da mente como diversidade, criação contínua, transitoriedade e dualidade.
Sambodh Naseeb

NADA A ESPERAR



O silêncio é a resposta. O futuro é um pensamento que acontece neste momento. Não há nada a esperar. O Amor Consciente já está aqui. Nada pode acontecer no futuro, porque ele não existe em si! O futuro é uma ideia que depende da consciência. O Amor Consciente não vive o futuro. Aqui é onde mora o segredo. E o segredo é aberto, vivo e disponível.

sábado, 17 de setembro de 2016

COMO TRANSFORMAR O PENSAMENTO EM NADA


CRIATIVIDADE QUÂNTICA


LUZ





Assim: quando dormes a noite, sonhas contigo chegando num mestre espiritual e obtendo a iluminação. Ficas muito feliz. Aí acordas. E estás na cama. E nada aconteceu. 
O sonho da mente é assim. 
És a LUZ eternamente, que passando pelo prisma se decompõe em sete cores, dando início a aventura da criação. 
O prisma é a mente. 
Você é a LUZ.

Sambodh Naseeb

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

SEMPRE PRESENTE



Ninguém pode dizer “Eu acordei”. Não existe passado para o acordar. É sempre aqui-agora. Não tem passado. Ninguém acorda, na verdade. Ninguém dormiu, sejamos honestos. Tudo é uma ideia da mente. Nunca deixamos o berço da eternidade.
Sambodh Naseeb

LIBERAÇÃO


Acordar espiritualmente é libertar-se da prisão dos pensamentos.

Sambodh Naseeb

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

ESPONTANEIDADE



A descoberta da espontaneidade é uma das aventuras mais lindas do despertar. Tudo acontece como tem de ser porque não há nada para impedir isto. O estado natural é pleno de aceitação. A mente pensa. O corpo sente. Os sons são ouvidos. Tudo em perfeita harmonia. Não há um cobrador ou julgador como impostor. Tudo é visto á luz da clareza. Amor é o convidado mais íntimo.

Sambodh Naseeb

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

MARAVILHAMENTO



Maravilhamento é sempre agora. Você não pode se maravilhar com o futuro nem com passado. O maravilhamento é este sentimento de estar aqui agora completo. Você nunca vai ser completo para a sua mente. Ela sempre vai lhe dizer que está faltando isso, que está faltando aquilo. Mas você já é completo para teu coração, para teu Ser. Todo pensamento é só um rótulo. Só uma maneira de se relacionar na vida relativa. Não é uma realidade. É um rótulo, uma etiqueta. Eu posso pegar um vidro de amoras e botar uma etiqueta "morangos". Mudou a essência das amoras? Não. A essência da vida permanece sendo a essência da vida, seja qual for a ideia que você tenha a respeito.

Sambodh Naseeb

sábado, 10 de setembro de 2016

UM



Podemos nos dar conta de que não podemos ver a consciência porque na verdade somos a consciência. Não podemos olhar PARA ela, apenas DELA. Não somos observadores, mas a Pura Observação. Do mesmo modo, não olhamos PARA o mistério da vida, mas sim DO mistério da vida. E isso nos clareia de que o repouso necessário já está sempre aqui, dentro, iluminando aquilo que chamamos de "fora". Tudo é Um aparecendo como variedade.
Sambodh Naseeb

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

A CHAVE DE OURO



Compreensão é uma chave de ouro e tem o poder de transformar a energia interior que operamos. Tudo que você pensa sobre si mesmo é projetado no mundo em que você vive. Nesse sentido, sua mente é pura magia. Enquanto ela tem um pensamento que acredita ser real, projetará este pensamento no mundo e viverá um sonho, uma história autocriada.
Todo o seu mundo, dessa forma, é criado pelos seus pensamentos. A realidade está sempre sendo interpretada por sua mente. Existe uma paisagem mental que vê a realidade de um certo jeito. Duas pessoas jamais vêem a mesma realidade. Suas paisagens são sempre diferentes. O objeto externo pode ser o mesmo. Mas a sua relação com o objeto muda a qualidade do objeto. Quando duas pessoas olham para uma terceira, uma dela pode simpatizar com esta terceira, e a outra não. Isso acontece porque a mente cria a partir de si mesma, a partir de suas experiências passadas, os gostos e os desgostos. Quando gostamos de algo, ou quando detestamos algo, isso vem de alguma coisa dentro de nós que está entrando em contato com a realidade. Isto que está dentro determinará o que está fora. Mais tarde perceberemos, com a meditação, que não há fora nem dentro. Fora e dentro é mais um pensamento da mente. Tudo que é visto e observado está dentro. Dentro do quê? Dentro da consciência que eu sou. Está aparecendo em mim. Logo, está aparecendo na consciência. Tudo está na consciência. Se não estiver, eu não posso conhecer. Quem conhece? A própria consciência.
Sambodh Naseeb